Untitled Document
index oficina do texto quem somos cases servicos oficina do texto clientes contato
 


O genoma, o seguro e a previdência são debatidos pela ANSP no Rio de Janeiro






No último dia 21 de setembro, no Auditório da Escola Nacional de Seguros – Rio de Janeiro, foi realizado o Café com Seguro da Academia Nacional de Seguros e Previdência, que abordou o tema “O Genoma, o Seguro e a Previdência”. O encontro teve como objetivo entender o que é o código genético, se sua utilização pública é legal e quais os impactos poderá causar no seguro e na previdência.

“O mapeamento genético permite, a partir do sequenciamento dos genes, detectar quando há risco de desenvolvimento de determinadas doenças e, a partir disso, compreendê-las de maneira a produzir tecnologias eficazes para combatê-las. O progresso e o desenvolvimento de novas tecnologias são um movimento simplesmente irrefreável. O acesso gradativo aos exames genéticos faz com que o setor de seguros se obrigue a ligar o sinal de alerta. Muito embora existam restrições legais quanto ao uso dessas informações para fins de aceitação ou de precificação, a acessibilidade cada vez maior ao sequenciamento genético individual poderá mudar radicalmente a relação entre as Seguradoras e seus clientes”, explica Sérgio Rangel, atuário e diretor da ANSP.

O tema foi abordado por especialistas das áreas médica, jurídica e técnica, sob a coordenação de Edmur de Almeida e Dilmo Bantim Moreira, acadêmicos e diretores da ANSP, e mediação de Marcello Hollanda, presidente do Clube de Vida em Grupo – CVG do Rio de Janeiro.

No primeiro painel foi apresentada a abordagem médica, feita pela Drª Marisa Gazel Nassar. A abordagem jurídica foi exposta no segundo painel pelo Dr. Paulo André Minhoto e no terceiro painel, a abordagem técnica, pelo Acadêmico Sérgio Rangel Guimarães.

“Mais um tema de extrema relevância para a indústria de seguros global e, agora, no Brasil. Afinal, não há como fugir da tecnologia. Precisamos antecipar ao máximo nossa visão de futuro, principalmente estimulando a discussão de temas como esse, a fim de que possamos aproveitar da melhor maneira possível os efeitos dessas tecnologias em prol do desenvolvimento do seguro. Esse é a essência da missão da ANSP”, afirma Edmur de Almeida, diretor da ANSP.

O diretor da ANSP no Rio de Janeiro, José Américo Peon de Sá, fez a abertura do evento, que contou, ainda, com o apoio do SINDSEG – RJ/ES e da Escola Nacional de Seguros, representados, respectivamente, por Ronaldo Vilela, e Maria Helena Monteiro.

       
     
         






Busca de Notícias:
Untitled Document
   
   
Releases
Banco de Imagens
Clipping
Cadastro de Jornalistas
  Boletins

 

Untitled Document
Rua José Prado Montoro. 148 - São Paulo - Tel (11) 5631-8444 / (11) 5631-0281 - oficinadotexto@oficinadotexto.com.br